Resenha - Outros jeitos de usar a boca

Outros jeitos de usar a boca, Rupi Kaur
Editora Planeta,2017






#Sinopse: 'outros jeitos de usar a boca' é um livro de poemas sobre a sobrevivência. Sobre a experiência de violência, o abuso, o amor, a perda e a feminilidade. O volume é dividido em quatro partes, e cada uma delas serve a um propósito diferente. Lida com um tipo diferente de dor. Cura uma mágoa diferente. Outros jeitos de usar a boca transporta o leitor por uma jornada pelos momentos mais amargos da vida e encontra uma maneira de tirar delicadeza deles. Publicado inicialmente de forma independente por Rupi Kaur, poeta, artista plástica e performer canadense nascida na Índia – e que também assina as ilustrações presentes neste volume –, o livro se tornou o maior fenômeno do gênero nos últimos anos nos Estados Unidos, com mais de 1 milhão de exemplares vendidos.



Você
cresceu ouvindo
que suas pernas são
um pit stop para homens que 
procuram um lugar para repousar
um corpo vazio desocupado o bastante
para receber hóspedes mas 
nenhum nunca chega
disposto a
ficar


#Opinião: 

 Esse livro foi lido por mim em pouquíssimas horas e logo de cara ele te dá bons tapas na cara. Um livro de poemas bem forte, que atinge em pontos fundos dentro de nós.

 Os poemas são geralmente bem curtinhos e fáceis de ler. E o que nos dizem, deixam mensagens bem bonitas (ou não). Através de cada uma daquelas palavras podemos sentir os sentimentos da autora, de fato. Transborda sentimentos, sabe? Passa longe de poemas bonitinhos, mas que não tem muito a dizer. 
 Sim, tem alguns dos poemas que de certa forma são bem clichês, mas os que não o são, superam esses menos "atraentes". Uma escrita corajosa, onde lemos sobre estupro,  perdas, alcoolismo, amores tóxicos, pelos e menstruação, superação, cura e mais...

 Pra quem não tem muito o costume de ler poesias, assim como eu, aconselho a leitura, porque é bem simples e de fácil entendimento. Vai certamente render boas horas de companhia e distração.