Resenha - Ligações



"Ela devia contar sobre essa maluquice com o telefone mágico. Agora mesmo. Dava para contar, sempre dava para contar qualquer coisa a Neal. Georgie e Neal eram ruins em muita coisa, mas eram bons em ficar do lado um do outro. Neal era particularmente bom em ficar do lado de Georgie, em estar presente quando ela precisava dele."



Ligações - Rainbow Rowell

Editora Novo Século, 2015





Georgie McCool está casada há sete anos com Neal, que conheceu quando ainda estava na faculdade. Eles tem duas filhas, Alice e Noomi, de 7 e 4 anos de idade. Quando as meninas nasceram, Neal deixou de trabalhar para se dedicar as filhas enquanto Georgie seguiu em seus projetos. Ela trabalha há anos com o melhor amigo, Seth, escrevendo roteiros e agora eles estão prestes a conseguir colocar na tela o seriado que eles sonham desde a faculdade. Só que eles tem uma semana pra entregar e é justo na semana de Natal, na qual ela e sua família já tinham programado ir passar na casa da família de Neal, em Omaha. Quando Georgie lhe diz que não vai ser possível, ele lhe diz que irá mesmo assim com as meninas e o casamento deles que já não ia nada bem, acaba de entrar na maior crise. Georgie vê sua família partir.

 Ela começa a semana trabalhando bem, mas sempre que tenta ligar pra Neal, ele nunca atende ou outra pessoa o faz em seu lugar. Georgie começa a se entristecer e seu trabalho começa a desandar. Ela acaba não querendo mais ir pra casa vazia e resolve passar na casa da mãe. Em seu quarto de infância, ela tem um telefone fixo amarelo do qual ela faz mais uma tentativa de falar com Neal e incrivelmente ele atende. Mas o Neal que conversa com ela por aquele telefone não parece o Neal com que ela está casada, mas sim o Neal de quinze anos atrás e aí ela percebe que é isso mesmo. Georgie está ficando doida? O telefone é um portal pro passado? 


 Cada vez mais Georgie fica "transtornada", mas passa horas conversando com o Neal do passado, já que o do presente segue lhe ignorando. Será que ela está ganhando uma chance de acertar alguma coisa e não perder o seu grande amor no futuro?







                                                                                                                                                 

"- Só porque você ama uma pessoa - disse ela -, isso não significa que as suas vidas vão combinar."                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                              "Porque ele não ria quando achava alguma coisa engraçada - ria quando estava feliz."








 Ligações é um livro contemporâneo moderno com uma pitada de fantasia. A escrita da autora é fácil e leve como em seus outros livros. Eu tenho uma relação de "amor e ódio" com os livros dela. Nem sempre suas estórias conseguem me cativar. Nesse eu não consegui gostar da protagonista. Acho que ela devia ter lutado mais por sua família, por suas filhas. Continuei achando que ela deveria ter sido mais "mãe". Em todo momento parecia que ela se importava bem mais com o marido do que com suas próprias filhas que precisavam dela tanto quanto o marido. Acho que minha visão como mãe, me fez não gostar disso nela. É uma boa trama, mas sem aquele algo mais que deixaria o livro brilhante. Enfim... sempre gosto de dizer pra vocês lerem independente do que eu tenha achado pois cada pessoa tem sua visão e seu sentimento. Pra mim, um livro mediano. 



  Beijinhos da Beta 😘








Tecnologia do Blogger.