[Indicando Clássicos] Orgulho e preconceito

Aposto que mesmo que você nunca tenha lido ou assistido a alguma das versões cinematográficas de Orgulho e preconceito, ao menos já ouviu falar, certo? Um grande romance clássico da literatura, escrito por Jane Austen.

Cena da adaptação de 2005
Sinopse: Jane Austen inicia Orgulho e Preconceito com uma das mais célebres frases da literatura inglesa: "É uma verdade universalmente reconhecida que um homem solteiro e muito rico deve precisar de uma esposa". O livro é o mais famoso da escritora e traz uma série de personagens inesquecíveis e um enredo memorável. Austen nos apresenta Elizabeth Bennet como heroina irresistível e seu pretendente aristocrático, o sr. Darcy. Nesse livro, aspectos diferentes são abordados: orgulho encontra preconceito, ascendência social confronta desprezo social, equívocos e julgamentos antecipados conduzem alguns personagens ao sofrimento e ao escândalo. Porém, muitos desses aspectos da trama conduzem os personagens ao auto-conhecimento e ao amor. O livro pode ser considerado a obra prima da escritora, que equilibra comédia com seriedade, observação meticulosa das atitudes humanas e sua ironia refinada.
 Curiosidades sobre a obra:

  • Foi escrito por Austen entre outubro de 1796 e agosto de 1797. O pai de Jane em 1797 mostrou o manuscrito a um editor londrino, mas foi recusado. Nas mãos de Austen novamente, sendo revisado por ela, foi enfim publicado no ano de 1813.
  • Foi adaptado várias vezes para televisão, cinema e teatro.
  • Jane nunca se importou em assinar suas obras, por isso só se soube de fato quem era a autora das obras, após a morte da mesma.
  • A heroína de Orgulho e preconceito não era vista com bons olhos pela crítica, assim que o livro foi lançado, por a acharem muito atrevida.
O fato é que até hoje Orgulho e preconceito faz o maior sucesso entre os leitores e segue sendo um dos livros mais famosos de Jane Austen e que também era o "queridinho" da própria escritora inglesa.